FERNANDO M. DIAZ, 30 AGOSTO